Logo nexus

Cidadania italiana: é necessário um tradutor italiano?

Tradutor italiano segurando um documento com outros documentos em sua frente, sobre a mesa.

O processo de cidadania italiana ou de outro país é algo que sempre deixa dúvidas, pois costuma envolver uma série de documentos e etapas até a conclusão. Dentro disso, uma das principais dúvidas é se um tradutor italiano deve ser contratado para fazer a tradução dos documentos.

Para te auxiliar com essa questão, preparamos este conteúdo com a resposta para essa pergunta e muitas outras informações essenciais sobre o tema. Acompanhe e entenda!

A importância do tradutor italiano no processo de cidadania italiana

Um tradutor italiano é realmente necessário no processo de cidadania. Porém, não é qualquer tradutor, mas sim um tradutor juramentado, que é um profissional registrado na Junta Comercial do seu estado após obter aprovação em concurso público.

Nesse sentido, a tradução juramentada serve para que os documentos tenham validade em outros países, como na Itália, já que eles estão em um idioma diferente do de local de destino.

Documentos oficiais e que precisam ser reconhecidos legalmente devem passar por tradução juramentada, ocasião em que o tradutor italiano traduz todo o conteúdo do documento e confere fé pública para atestar que o conteúdo é fidedigno ao original.

Assim, ao reunir todos os documentos que precisam ser apresentados no consulado da Itália e no do Brasil, muitos precisam de tradução, como no caso de:

  • Certidão de nascimento;
  • Certidão de casamento;
  • Certidão de óbito.

Além disso, é necessário que os documentos tenham o selo da Apostila de Haia, questão que logo a seguir será explicada.

A Apostila de Haia deve ser feita?

Desde de 2016, o Brasil é signatário da Convenção de Haia, uma convenção na qual foi estabelecido que os documentos públicos devem ser apostilados para que sejam aceitos no exterior.

Com isso, além de a tradução juramentada ser feita por um tradutor italiano, é preciso que o documento receba o selo do Apostilamento de Haia, pois a Itália também é signatária desse acordo.

Em quais outras situações o tradutor juramentado é necessário?

Além do requerimento de uma cidadania italiana, a tradução pode ser necessária nos casos de:

  • Matrícula em universidade ou instituição de ensino estrangeira;
  • Vistos para residência temporária em países estrangeiros;
  • Imigração;
  • Estrangeiros que necessitam apresentar documentos no Brasil.

Sendo assim, um tradutor juramentado pode ser necessário em inúmeras ocasiões, independentemente do idioma do documento de origem ou de destino.

Como encontrar o melhor profissional?

Após compreender quando esse tipo de serviço precisa ser utilizado, também é importante saber como encontrar o melhor profissional, pois é um trabalho que requer muito conhecimento e domínio de idiomas e de técnicas, além, é claro, dos requisitos para exercer a profissão.

Portanto, o mais seguro é a contratação de uma agência especializada em traduções, pois assim o cliente tem a tranquilidade de que um profissional competente, qualificado e autorizado será o responsável pela tradução.

Afinal, erros ou a falta de fé pública na tradução, por exemplo, podem fazer com que a tradução não tenha a validade necessária, prejudicando o cliente.

Obtenha segurança e peça um orçamento por meio do site da Nexus Traduções. Confira mais informações sobre nosso serviço de tradução juramentada!

Últimos posts

Precisa de ajuda?